Seguidores

sexta-feira, 24 de junho de 2011


Lançamento do livro de poesia de Carmen Fossari;
em Florianópolis no mês de Julho,
em São Paulo no mês de Novembro.

Parabéns, poeta por Heresia!
Muito sucesso!



Carmen Fossari

Natural de Florianópolis, filha de Domingos Fossari e de Irene Maria Belli Fossari.
Mestre em Literatura Brasileira, pela UFSC, com opção em Teatro. Diretora de Espetáculos do DAC - Departamento Artístico Cultural da UFSC. Coordenadora e professora da Oficina Permanente de Teatro da UFSC. Diretora e fundadora do Grupo Pesquisa Teatro Novo/UFSC.Nessa categoria, recebeu inúmeros prêmios estaduais e nacionais, bem como representou o Brasil com espetáculos que dirigiu, escreveu e atuou nos seguintes países: Porto Rico, México, Paraguai, Argentina, Chile,Colômbia e Portugal. Esteve com espetáculos no Chile por sete vezes, onde mantém convênio através do GPTN/UFSC com a “Cia. La Carreta” que coordena, naquele país, o ENTEPOLA - Encontro de Teatro Popular Latino Americano .
Participou de três Projetos “Mambembão”, no Rio de Janeiro e em São Paulo, com os espetáculos “Mesa Grande” e “Terra de Terrara”, obras que dirigiu e atuou, numa promoção do Serviço Nacional de Teatro, RJ (duas temporadas no Rio de Janeiro e em São Paulo, e um Curso de Direção Teatral, integrante do Projeto, ministrado pelos melhores diretores de Teatro do Brasil).
Coordenou o 1º ENTEPOLA do Brasil, na cidade de Florianópolis, em 1996, com a participação de 280 artistas das Américas e de outros Continentes. Dramaturga, recebeu prêmios nacionais pelos textos “Terra de Terrara” e “Engenho Engendrado” (ambos de pesquisa lingüística e cultural das Comunidades Açorianas).Poetisa, em 28 de fevereiro de 2002 teve poema publicado no Jornal Machetearte, do México.Escreveu o roteiro e realizou a pesquisa do vídeo “Viva o Circo”, direção de Ronaldo dos Anjos, prêmio de melhor vídeo no Festival Nacional de Gravatal.Escreve enredos para Escolas de Samba de Florianópolis e artigos para jornais de Santa Catarina. Escreveu durante 10 anos para o Anuário Brasileiro de Teatro, do Rio de Janeiro, editado pelo Serviço Nacional de Teatro.Escreveu entre outras obras: “De Açores a Desterro - Uma Viagem Bruxólica”, “Isto ou Aquilo, com Sol ou Chuva”, “Vô Chapéu Azul na cidade de Pedra Grande” (e também traduziu ao espanhol “Abuelo Somrero Azul em la ciudad de Piedra Grande”), “Ocasos Raros Casos Simples”, “Rua de Vento Sul”, “O Menino que jogava com o Sol”, “João Unha de Fome e Dona Maria Comecome” (inédito), ”Os 7 Segredos do Mar”, “Don Pablo entre vogais” além de outros .
Adaptou textos da dramaturgia universal, dentre eles: “Alguns Pecados Capitais” (do original “Os 7 Pecados Capitais dos Pequenos Burgueses”, de Bertolt Brecht), “Bodas com Lorca, Gotas de Sangue” (do original “Bodas de Sangue” de Garcia Lorca ), “O Mercador” (de Veneza) do original “O Mercador de Veneza” de William Shakespeare.Traduziu e dirigiu os textos: “Las Mamelles de Tiresias”, do pai do surrealismo francês Guilhaume Apolinaire e “O Burguês Fidalgo” de Jean Batiste Poquelin de Molière.
Dirigiu e produziu mais de 60 peças teatrais nas categorias de Teatro Adulto, Infantil de Títeres e de Rua.
Co-Fundadora e Vice-Presidente da POIÉSIS - Associação de Professores e Diretores de Teatro Universitário do Brasil.Integrante do Circuito Latino Americano de Teatro, e nesta categoria ministrou cursos na Universidade de Porto Rico, Chile e México.Trabalha com a Literatura Catarinense trazendo ao teatro a prosa e o verso através de montagens junto ao Pesquisa, a saber, obras dos seguintes escritores e poetas: Lindolf Bell, Franklin Cascaes, Flávio José Cardoso, Eglê Malheiros, Argus Cirino, Raul Caldas Filho, Alcides Buss, Joca Wolff, Fábio Bruggmann, Clécio Espezim, Almiro Caldeira de Andrade e Harry Laus.
Possui obra incluída no livro “Panorama do Teatro Brasileiro no Século XX” (com fotografia da encenação) autoria de Clóvis Levi, com edição da FUNARTE, Rio de Janeiro.Integra o Dicionário Catarinense de Escritores, edição da Fundação Catarinense de Cultura e o álbum Florianópolis Vista por seus Habitantes, de Beto Abreu, dentre outros.
Como atriz, além de inúmeras peças e recitais de poesias, atuou na minissérie “Ilha das Bruxas”, produzida pela TV Manchete e nos curtas metragens “Alva Paixão” de Maria Emília Azevedo;”Ilha” de Zeca Pires; no média metragem “Alma Açoriana” de Penna Filho e no longa metragem “Procuradas”.
Dirigiu e foi co-adaptadora e produtora do espetáculo “Hamlet Nuestro”, em Santiago, hoje em giro pelo Chile com a Cia, La Carreta.Participou de dezenas de festivais nacionais e internacionais de teatro, tanto como diretora de teatro quanto debatedora, ministrante de cursos e Integrante de comissões julgadoras. Da participação de Comissões, destaque para o Concurso Nacional de Dramaturgia, promoção do SESI-Brasília DF, onde integrou equipe com Éster Góes e Elias Andreato.Deu Curso de Formação do Ator, além da UFSC, nas cidades de Itajaí,Concórdia, Joaçaba, Brusque,Tubarão, Laguna, Blumenau, Fraiburgo, Chapecó, São José, Joinville, Lages, no estado de Santa Catarina, em Santarém, no Estado do Pará, e em Santiago, no Chile; Rosário e Santa Fé, na Argentina; Cidade do México, e San Juan, em Porto Rico.Roteirista, produtora e diretora de vídeos, e co-produtora, da parte cênica, do média metragem “Alma Açoriana”, em que também colaborou com o enredo.Participou como integrante da Comissão Julgadora do FAM/ Florianópolis Audiovisual/Mercosul no ano de 2002.Lecionou Dramaturgia na Faculdade de Cinema e Vídeo da Unisul.

1 comentário:

  1. Estou em Glória, feliz, me sinto junto, dentro, partícipe. Amo os poetas Carmen Fossari e Joáo Jacinto. E quando amo, sou.

    Parabéns, guria, vocë é uma estrela linda no
    céu que me ilumina e protege,
    Heresia deve ser uma Coletänea de estrelas
    pingando brilhos na alma de todos os que tiverem a honra de a ler.


    Grande, longo, carinhoso abraço.

    ResponderEliminar